Você, empreendedor, sabe o quão preocupante é não conseguir fechar as contas no final do mês.

Contas atrasadas se tornam uma dor de cabeça e acabam tomando muito tempo na sua rotina, com isso o tão sonhado equilíbrio entre faturamento e lucro fica ameaçado pelo acúmulo de dívidas. Isso, muitas vezes, é motivado pela falta de conhecimento sobre como aplicar as lições de educação financeira no seu negócio.

E, como prevenir é melhor do que remediar, existem algumas atitudes para que você evite dívidas e garanta a saúde financeira do seu negócio.

Trazemos para você as 5 principais coisas que todo empreendedor deve saber para evitar o endividamento. Confira:

 

Realizar o controle do fluxo de caixa

O controle de fluxo de caixa nada mais é do que entender quais são as suas despesas e quanto dinheiro você tem parado, seja em dívidas de clientes ou mercadorias em estoque. E todo empreendedor deve saber a importância de ter controle sobre suas vendas.

Registrar todas as entradas e saídas é obrigatório e decisivo para que você consiga entender o quanto de dinheiro é necessário para pagar suas contas e evitar entrar no vermelho. Por isso, tenha um controle financeiro eficiente, fazendo a organização diária do que entra e sai.

 

Criar uma reserva financeira

Existem momentos em que as vendas podem não estar tão boas e você precisa ter uma segurança financeira para evitar se endividar ou pagar multas. Mas como conseguir guardar e, ao mesmo tempo, continuar investindo no seu negócio?

A dica aqui é poupar um pouco todos os meses. Depois de ter pagado todas as contas fixas, reserve uma parte do seu lucro para investir em melhorias e crescimento do seu negócio. Além disso, uma parte desse dinheiro deve ficar guardado para garantir que as contas sejam pagas em tempos de baixo faturamento. Desta forma, você não precisará fazer empréstimos e aumentar ainda mais suas despesas.

 

Ficar atento às taxas e juros

Outro ponto essencial é ficar atento às taxas e aos juros cobrados por atraso no pagamento de contas e fornecedores. Como você já tem uma previsão sobre os gastos mensais do seu empreendimento e quais são suas despesas fixas, o ideal é evitar que elas fujam do controle e se tornem dívidas.

Em momentos de aperto, é comum que o empreendedor recorra a bancos ou até mesmo amigos e familiares para conseguir pagar as dívidas. Caso seja necessário realizar um empréstimo, fique atento às taxas e juros cobrados pelos bancos e pense muito bem antes de tomar essa decisão. Neste caso, a reserva financeira também é uma excelente maneira de manter as contas em dia e evitar ter que pegar dinheiro emprestado.

Sair da informalidade

Você sabia que formalizar o seu negócio pode ser uma forma de evitar dívidas?! Com a formalização de um negócio, você consegue melhores condições para negociar com seus fornecedores e evitar multas por não pagar impostos.

Além disso, para pessoas jurídicas, existem diversas linhas de crédito de acordo com o porte do seu empreendimento. Mas, como já falamos aqui, é preciso estar atento às taxas e juros cobrados. A decisão de realizar um empréstimo para investimentos deve ser muito bem planejada para que você consiga fazer os pagamentos das parcelas sem prejudicar suas finanças ou ficar devendo.

 

Contar com a antecipação de recebíveis

Para fechar o mês no azul, você pode contar com algumas soluções oferecida pelos bancos e operadoras de máquina de cartão.

A antecipação de recebíveis é quando você realiza uma venda a um cliente para receber no mês seguinte através de cheques, cartões de crédito, boletos e duplicatas, e a instituição financeira faz o repasse ao empreendedor antes desse prazo, descontando taxas ajustadas ao IOF. A diferença para um empréstimo é que, ao final, você não terá que realizar nenhum pagamento.

Existem algumas operadoras de cartão que realizam o depósito em tempo menor, no prazo de apenas alguns dias após a realização da compra.

Em todos esses casos, o principal é que você mantenha o controle financeiro do seu negócio, organize o seu fluxo de caixa e se planeje para evitar as dívidas.

Sabendo em que pontos você deve ficar atento para evitar dívidas e ter maior controle financeiro do seu negócio, aproveite para conhecer também 3 aplicativos para evitar o endividamento.