Para que um negócio tenha sucesso e se desenvolva, é necessário que o empreendedor tenha em mente todos os mecanismos que precisam estar funcionando em sintonia e buscar melhorá-los. Um dos mais importantes para a saúde financeira de um negócio é o fluxo de caixa.

Mas o que vem a ser o fluxo de caixa?

Trata-se do movimento de entradas e saídas de dinheiro. É importante cuidar para que os valores de entrada sejam sempre maiores que os de saída, deixando o caixa sempre positivo. Isso evita atrasos de pagamento, interrupção de operações e aumento dos custos com a tomada de empréstimos para tapar o buraco, além de garantir que sempre exista um capital de giro bem organizado.

Assim como no controle de sistema de frente de caixa, melhorar o fluxo de caixa e mantê-lo positivo é uma tarefa que requer lógica, uma boa dose de matemática e utilização de recursos tecnológicos adequados.

Mantenha sempre o controle do fluxo de caixa em primeiro plano. Estamos falando de uma das mais importantes variáveis dentro de um negócio. Tê-lo sob controle é garantir a saúde e fluidez da atividade da empresa.

Que tal descomplicar sua rotina e entender melhor como melhorar o fluxo de caixa?

Veja a seguir algumas dicas:

Registre e atualize todas as movimentações de caixa

Não se esqueça que, para facilitar na hora de fazer a contabilidade e controle do fluxo de caixa, é preciso sempre registrar e atualizar! Foto: Olga DeLawrence/ Unsplash

Tudo que será abordado daqui para a frente depende de uma iniciativa. Estamos falando do registro e atualização das movimentações no caixa da empresa.

É essencial que isso seja feito, tanto para facilitar na hora de fazer a contabilidade como de controle do fluxo de caixa. São esses registros que vão gerar os relatórios e os demonstrativos financeiros do seu negócio.

O controle das entradas e saídas de caixa é uma ação essencial para a organização do negócio, que permite controlar, entre outros fatores, as datas de pagamento, evitando atrasos e cobranças de multa e juros.

Separe suas contas e as contas do negócio

Se você pretende melhorar o fluxo de caixa, muita atenção a esse mandamento. Separe as suas contas das contas da empresa.

De nada adianta fazer um planejamento, registrar e controlar as movimentações de caixa, se no final você retira valores que não estavam no planejamento. Isso, além de dificultar a contabilidade e causar prejuízos, é uma das principais causas de insucesso financeiro de um negócio.

É muito comum ver donos de pequenas empresas recorrerem ao caixa para atender a demandas pessoais. Evite cometer esse erro. O caminho é se pagar um “salário” que consiga suprir suas despesas pessoais, o que é chamado de pró-labore.

Essa separação também proporciona uma melhor visão das finanças e evita tanto que você retire valores indevidos do negócio, quanto use seu dinheiro pessoal para pagamentos e despesas dele.

Organize seu estoque

Se você vende algum produto ou tem uma loja, não importa o porte, o controle de estoque faz parte da sua rotina.

Controle de estoque e fluxo de caixa andam de mãos dadas. Ambos são essenciais, um para o outro.

Um bom gerenciamento de estoque é o mínimo indispensável. Estoque custa caro, tanto pelo custo da mercadoria quanto pelo custo de oportunidade.

Você deve ter uma abordagem inteligente dos estoques, entendendo como se dá o fluxo e o ciclo de vida das mercadorias na empresa. Se o produto tem menor saída, não há por que reabastecê-lo no estoque. Se vende muito, vale à pena negociar com fornecedores para obter descontos. Tudo isso ao mesmo tempo em que você reduz o risco de desabastecer as prateleiras.

Agilize seu recebimento

Uma das formas de melhorar o fluxo de caixa é transformar as vendas em receitas imediatas.

Trabalhar com cartões de crédito é uma das maneiras de fazer isso. Você paga uma taxa à operadora e recebe em uma única vez o dinheiro que o cliente pagaria em várias parcelas. Há também operadoras de cartão que depositam o dinheiro na conta em poucos dias, evitando que você tenha que esperar muito para ter o dinheiro em mãos.

Outra forma de agilizar o recebimento é criar promoções que ofereçam descontos e outras vantagens para o cliente no pagamento à vista.

Essa antecipação do dinheiro é vantajosa pois permite o pagamento de fornecedores à vista, o que facilita conseguir bons descontos. Isso significa menos gastos e, consequentemente, maiores lucros para seu negócio.

Conte com a tecnologia

Existem diversos aplicativos e softwares que auxiliam na organização financeira do seu negócio! Foto: John Schnobrich/ Unsplash

Controlar o fluxo de caixa não é nenhum bicho de sete cabeças, ainda mais com uma ajudinha da tecnologia.

Existem diversos aplicativos e softwares que auxiliam na organização financeira do seu negócio e utilizá-los é uma maneira de ganhar mais tempo e assertividade nas tarefas do dia a dia.

Com um bom software de controle, você pode tornar ágeis todas as tarefas que enumeramos acima, como o registro de entradas e saídas, o controle de estoque, e a produção de relatórios. Assim, você economiza tempo e tem mais segurança financeira.

Agora que você já sabe como melhorar o seu fluxo de caixa, conheça o jogo dos 7 erros do capital de giro e saiba como controlar de forma eficiente o do seu negócio.