Aquele espacinho extra em casa pode ser uma ótima forma de ganhar dinheiro empreendendo! Com certeza você já se deparou com os negócios de garagem: vendas de doces, brechós, serviço de encomenda de cosméticos e outros mais.

Montar uma loja é uma das muitas ideias para trabalhar em casa, o que vai exigir planejamento, disponibilização do espaço, organização financeira e dedicação. A loja em casa tem um valor de investimento relativamente baixo, já que, ao contrário de um ponto de venda, o aluguel e outras contas já estão inclusos.

É comum ter dúvidas sobre manter os negócios em casa, por isso considere os próximos 4 passos antes de montar uma loja em casa:

 

Pesquise o mercado local

Este primeiro passo é indispensável: escolher que tipo de pequeno negócio você vai abrir. Primeiro, para conhecer seu produto: você vai vender artesanato, roupas de bebê, lingerie, cosméticos ou o quê? E então, levantar o público: quem vai comprar e quanto podem pagar.

Essa pesquisa de mercado é quem vai guiar seus negócios em casa, e, a partir dela você pode organizar seu espaço para receber e vender seus produtos, além de oferecer o melhor atendimento para o público.

É importante também, nesta etapa, pesquisar a concorrência: onde estão, o que oferecem, por qual valor, o quanto vende, etc. Sua loja em casa terá mais sucesso se conseguir se destacar pela qualidade e pelo preço.

 

Escolha o espaço adequado

Como falado no início, muitos negócios são abertos na garagem – um espaço a parte do ambiente familiar. Sua loja não precisa estar obrigatoriamente na garagem, mas sim em qualquer espaço mais reservado, sem esquecer do acesso, o conforto e a ambientação.

É essencial que o ambiente da loja esteja sempre limpo e organizado, assim como o resto da casa. Em uma loja de roupas, por exemplo, é legal oferecer também um provador. No caso de vendas de alimentos, é importante que o espaço possa comportar geladeiras ou freezers. Lembre-se também do espaço para estoque.

A estrutura deve considerar ainda a exposição dos itens a venda, conforme o próximo tópico.

 

Organize a exposição de produtos

Uma boa organização dos produtos pode ajudar a vender mais! É importante deixar todos itens ao alcance dos olhos, por isso se atente a instalação de prateleiras, nichos, araras e cabides, entre outros móveis (mesas e cadeiras, por exemplo).

Com o básico da exposição já definido, entra a questão da decoração. Invista em uma boa iluminação e use espelhos, quadros ou banners para as paredes, deixando o ambiente mais confortável e interessante.

No exterior da sua loja em casa (ou seja, na fachada), coloque uma indicação para o seu negócio, preferencialmente uma placa informativa. Se o ambiente para o empreendimento é a garagem, um ponto positivo: você tem uma vitrine; e outro negativo: é necessário se dedicar a apresentação e limpeza do espaço, também impedindo o acesso de animais da rua.

 

Invista em divulgação

Ponto comum entre todas ideias para trabalhar em casa. Além da placa na fachada de casa, é necessário investir em meios de divulgação mais “agressivos”. Considere usar uma linha de telefone ou celular para contato dos clientes. O celular é interessante também por oferecer o canal dos aplicativos de mensagem, onde ainda é possível receber pedidos, enviar fotos, etc.

Também de baixo custo, crie páginas nas redes sociais e a atualize com fotos dos seus produtos, novidades, promoções exclusivas e outros conteúdos. Não esqueça de encomendar um cartão de visita para o negócio, item para distribuir entre clientes e parceiros.

Agora que você sabe como montar uma loja em casa, assine a newsletter da iZettle para continuar recebendo conteúdos sobre empreendedorismo e gestão. Boas vendas!