Trabalhar em casa é o sonho de muita gente, e cada vez mais áreas permitem essa realidade, seja para profissionais MEI ou ME. Mas quem faz home office também precisa tomar alguns cuidados para manter a concentração.

Um cantinho só seu. E do seu planejamento, seus lucros e, claro, do Maquinão iZettle. 😉 Foto: BenchAccounting/Unsplash

O nome em inglês já diz tudo: “home office” nada mais é do que um escritório na sua própria casa. Há alguns anos, essa era uma opção para poucos e raros. Hoje, com uma mãozinha da internet, é possível estar em contato constante com seus parceiros, colaboradores e clientes.

Além de aconchegante, esse jeito de trabalhar é tendência: cada vez mais empresas contam com colaboradores remotos, ou seja, que não estão todos os dias na empresa. E mesmo quem trabalha “na rua” ou tem uma loja pode ter esse escritório reservado para os momentos necessários, como o planejamento mensal e o contato com fornecedores.

Trouxemos algumas dicas para inaugurar ou organizar melhor o seu home office:

Encontre seu espaço

Quando você trabalha em casa, é fácil cair na tentação de “montar acampamento” na mesa da sala ou da cozinha, ainda com os pratos do café da manhã em volta. E a gente sabe que, pelo menos uma vez na vida, você vai tentar trabalhar na cama. Por mais que esses espaços pareçam ótimos, a realidade é que você pode acabar produzindo muito menos e se distraindo mais, especialmente, se tiver outras pessoas em casa.

via GIPHY

Experimente ter uma mesa em um canto afastado da sala ou num dos quartos da sua casa. Você vai conseguir organizar as coisas que precisa ter à mão, como computador, documentos e materiais promocionais, e terá um espaço delimitado para se concentrar. Assim, esse é o lugar do trabalho, e o resto da casa continua sendo espaço de lazer e momentos com a família.

Invista numa cadeira confortável

A cadeira do escritório não é detalhe nem item de decoração. Para que você consiga se concentrar por horas e não acabe com dores nas costas — o que só vai piorar suas horas de sono e, claro, a produtividade do dia seguinte —, é importante ter uma cadeira minimamente confortável e, se possível, ergonômica.

Tá. E então você viu uma superpromoção de cadeira de manager numa loja online? Cuidado. O ideal, nesse caso, é ir à loja e ver como seu corpo se adapta ao encosto e ao material do móvel. Também vale conferir as medidas e comparar com a altura da sua mesa, por exemplo, para não ter surpresas desagradáveis.

O simples pode ser incrível. Que tal montar seu escritório com móveis que você já tem em casa? Foto: Rawpixel/Unsplash

Fique de olho no horário e faça pausas

Quem trabalha em uma empresa tradicional tem vários motivos para levantar da cadeira — pode ser um cafezinho com o colega, uma conversa com o chefe, uma reunião. E sabia que estudos apontam que pausas aumentam a produtividade em até 30%? Agora, quando você atua em casa e sua equipe é enxuta, a chance de perder a noção do tempo é maior.

via GIPHY

Como seu próprio chefe, você precisa saber o momento de parar tudo e relaxar. E aí sim você pode aproveitar as vantagens de estar em casa: seus intervalos podem incluir um passeio com o cachorro, um lanche feito em casa e um alongamento mais completo na sala.

O mesmo vale para o seu horário de trabalho. Crie uma carga horária que faça sentido e, se necessário, faça plantão nos momentos que seus clientes mais precisam, mas nunca ultrapasse seus limites.

Use aplicativos que facilitam a rotina

Em casa, você não tem a estrutura da empresa, e isso inclui os programas de computador prontos para usar e a boa e velha equipe de TI. Mas, por outro lado, existem cada vez mais apps e plataformas que facilitam a vida do empreendedor.

 

Alguns aplicativos que vão ajudar a organizar o seu home office:

  • Google Drive e Dropbox para organizar seus arquivos e nunca mais perder nada.
  • Trello, Asana e Basecamp para criar projetos colaborativos e controlar entregas (suas e de outras pessoas).
  • Google Agenda e Harvest para administrar compromissos e lembretes.
  • Vai contratar mais de um funcionário ou pagar mais que o piso ou salário mínimo para o seu funcionário.
  • Skype e Google Hangouts para fazer videochamadas com segurança e praticidade.
  • Toggl para analisar o uso do seu tempo e aumentar a produtividade.