Como estão os empreendedores na crise do COVID-19?

Como estão os empreendedores na crise do COVID-19?

– Entenda o panorama atual dos microempreendedores no Brasil e descubra soluções para a crise neste artigo do nosso parceiro Empreender 360.

A crise gerada pela pandemia do novo coronavírus pegou a todos despreparados, especialmente, os micro pequenos empreendedores. Felizmente, muitas organizações, assim como a iZettle, estão com diversas iniciativas de apoio

Para entender melhor os impactos enfrentados por esse público nesse período a Aliança Empreendedora realizou uma pesquisa entre os dias 28 de maio e 24 de junho de 2020, com 372 respondentes através de formulário online. E o  Empreender 360, um programa da Aliança Empreendedora que visa fortalecer a atuação de organizações e empresas no apoio aos microempreendedores brasileiros, fez um artigo para compartilhar os resultados da pesquisa.
Confira!

Perfil

A pesquisa foi disparada nacionalmente e recebemos respostas de empreendedores de 19 estados. Cerca de 85% desses respondentes vivem nos estados de São Paulo ou Rio de Janeiro e 93% eram mulheres. 68% deles tinham entre 25 e 45 anos e 69% se declaram negros.

Os negócios estão principalmente nos seguintes seguimentos: Beleza, Artesanato, Alimentação e Costura. 67% são formalizados como MEI, 26% são informais e 55% não tinham funcionários.

Impactos da crise

  • 23% dos empreendedores precisaram demitir pelo menos 01 funcionário até o momento.
  • 73% dos negócios faturavam entre R$500,00 e R$5000,00 por mês antes da pandemia.
  • 47% viram sua renda diminuir pela metade enquanto outros 31% precisaram fechar o negócio nas últimas semanas.

Para enfrentar todas essas mudanças e dificuldades financeiras, 61% estão vivendo das suas economias ou com apoio de familiares e 47% fizeram alguma adaptação nos negócios para atender as medidas de isolamento social, sendo 20% delas começar a fazer entregas.
Então, sabeum ponto de atenção é que 17% estão percebendo também o aumento do fiado em seus negócios.

Soluções para crise

As tecnologias também têm sido um recurso importante para manter as vendas, especialmente as redes sociais. O WhatsApp é a principal delas, o aplicativo é uma forma de receber pedidos em 60% dos estabelecimentos. Além dele, outras redes sociais como Facebook e Instagram estão sendo usadas para chegar ao cliente, mas não são somente elas…

A tecnologia também tem sido uma aliada na forma de pagamento. Assim como, as transferências bancárias e as vendas online têm se destacado como uma oportunidade para quem está mantendo o negócio funcionando. 

Quase metade dos respondentes consideram muito importante controle sobre as finanças, incrementar ou incorporar vendas online, divulgação pela internet e redes sociais, e entregas a domicílio. 

As redes sociais têm sido um recurso importante para manter e impulsionar as vendas, mas não são apenas elas…

Sobre o Empreender 360

O Empreender 360 é uma iniciativa da Aliança Empreendedora, em parceria com o Bank of America que visa fortalecer o ecossistema de apoio ao empreendedor na base da pirâmide econômica. Para isso, promove pesquisas sobre o ecossistema microempreendedor, apoia políticas públicas na área e promove eventos setoriais.
Com sua atuação, conecta os atores que dão suporte a pequenos negócios para criar uma rede de apoio forte e consistente. Sendo assim, conheça mais em https://empreender360.org.br/

E como a iZettle te ajuda a superar a crise?

Acreditamos que não há nada maior que o poder da comunidade e, por isso, criamos Pequenos Gigantes – um site que ajuda seu negócio a encontrar novos clientes perto de você.

É gratuito, fácil de se cadastrar e assim, você ainda ganha vantagens exclusivas.
Clique aqui e seja mais um Gigante!