O Brasil ocupa hoje o primeiro lugar no ranking mundial de empreendedorismo. Segundo a pesquisa GEM de 2016, no país, um a cada quatro brasileiros maiores de idade são empresários. O crescimento é tão grande que estamos está à frente de grandes economias como a China, EUA, Japão e Reino Unido.

O empreendedorismo é uma qualidade que deve ser valorizada, já que impulsiona a inovação e o desenvolvimento de um país. Os pequenos empreendedores ocupam um papel importante nesse quadro, já que são uma grande fatia do mercado.

Com o conhecimento certo, é possível expandir seu negócio rumo a novas empreitadas. Abaixo há dicas valiosas de como fazer um pequeno negócio dar certo , confira:

Para você:

Separe o dinheiro pessoal e o dinheiro da empresa

Via Giphy

Um erro clássico de pequenos empreendedores é misturar seu próprio dinheiro com o do negócio. É comum que ele faça retiradas fora de datas fixas e muitas vezes acima do estipulado. Outro erro comum é que o empreendedor coloque contas específicas da empresa como luz e Internet em débito automático na sua conta pessoal ou vice e versa.

Essas atitudes podem parecer inofensivas mas são bastante prejudiciais tanto para a saúde financeira da empresa quanto para seu controle pessoal.

Você pode acabar usando seu próprio dinheiro para fazer pagamentos da empresa ou “pegar emprestado” do negócio para gastos pessoais e criar um problema de falta de dinheiro em caixa.

Por esses motivos, crie uma conta específica para o seu negócio e mantenha organizados os recibos de entrada e saída de dinheiro, assim você tem uma boa visão de toda movimentação financeira. Isso possibilita que você tenha uma melhor noção das finanças do seu negócio.

Entenda seus pontos fortes e seus pontos fracos

Para entender como fazer um pequeno negócio dar certo e realizar uma boa gestão, é preciso conhecer seus pontos fortes e fracos e usá-los a seu favor. Uma auto análise é fundamental para encontrar caminhos novos e se fortalecer diante das suas qualidades e também crescer e se aprimorar nas áreas que você tem dificuldade.

O mesmo ocorre com o conhecimento sobre as diversas áreas de um negócio. Ninguém é expert em tudo e não há nenhum problema em aceitar isso. Ser bom em finanças e não entender de vendas, ou o contrário, não o faz um gestor ruim. Mas, para que seu negócio cresça e tenha sucesso, é importante entender suas qualidades e dificuldades e saber como usá-las a seu favor.

Para seu negócio:

Tenha um fluxo de caixa organizado

A desorganização deve sempre ser evitada, logo, seja organizado para manter um bom fluxo de caixa! Foto: Rawpixel/Unsplash

O fluxo de caixa eficiente é um dos pontos em que você deve estar atento se quer saber como fazer um pequeno negócio dar certo . Por isso, a desorganização deve sempre ser evitada.

É preciso se manter organizado sobre quanto a empresa recebe de dinheiro, cartões de débitos, cartão de crédito e boletos, quais as despesas fixas e variáveis, assim como dívidas e investimentos.

Esse controle máximo ajuda a entender os períodos em que há mais entradas financeiras, as datas de pagamento agendadas, quando os valores de crédito serão adicionados à conta, se é possível realizar um futuro investimento e manter a saúde financeira do negócio sempre em dia.

Para isso, tenha registros de todas as ações de entrada e saída de dinheiro, trace estimativas de vendas e custos e, a partir desses dados, planeje suas ações e investimentos.

Utilize sistemas automatizados

A tecnologia transformou o mundo dos negócios e a cada dia apresenta uma inovação capaz de otimizar tempo e dinheiro. Há inúmeros tipos de softwares direcionado para a gestão de pequenas empresas, com total controle sobre as finanças, vendas e estoque.

A escolha de um software adequado faz com que o empreendedor tenha uma melhor visão do negócio, identifique problemas e monte boas estratégias. A tecnologia também permite maior organização e velocidade nas ações.

Assim, usar sistemas automatizados é uma dica poderosa de como fazer um pequeno negócio dar certo . Com a automatização, o empreendedor ganha mais tempo para montar estratégias de crescimento e tem maior certeza na hora de tomar decisões.