Muitos empreendedores, quando começam seu próprio negócio, querem ter mais tempo do que tinham quando eram empregados. Talvez você saiba que a coisa não funciona bem assim, mas se não sabe, é preciso desmistificar isso agora: o dono de qualquer empreendimento vai gastar bastante tempo cuidando de tudo. Mas isso não significa que você vai necessariamente ficar perdido. O jeito é focar na administração de tempo eficiente!

Startups enfrentam dificuldades justamente por falta de organização nos processos administrativos, então uma gestão de tempo eficiente é essencial. Mais tempo significa maiores chances de sucesso! Confira algumas dicas que te ajudarão a cuidar disso.

Acompanhe diariamente as suas atividades

Antes de qualquer coisa, está na hora de uma auto avaliação. Passe alguns dias trabalhando e fazendo tudo que sempre fez, mas marque em algum lugar o que está sendo feito e quanto tempo você gasta com cada atividade. Isso vai ajudar a entender o que está te ocupando no cotidiano, e mais importante, o que nem precisa te ocupar tanto assim.

Tudo começa com análise. Depois de entender seu dia a dia e ver todos os procedimentos nos quais você faz parte, estabeleça prioridades e maneje o que for mais importante, para depois verificar o que mais for preciso.

Estabeleça prazos e metas reais

Um erro muito comum de empreendedores iniciantes é não planejar suas metas e prazos. É fundamental que você saiba calcular e fazer uma administração de tempo eficiente, para só então fornecer uma data para clientes, fornecedores ou colaboradores.

Há uma metodologia de planejamento muito útil para ajudar nisso: a SMART. Ou seja, Specific (Específico), Measurable (Mensurável), Achievable (Alcançável), Relevant (Relevante) e Time based (Temporal).

Quando pensar em uma meta, veja se ela está sendo específica, e não generalizada e sem objetivo claro. Apenas “vender mais”, por exemplo, não é uma boa meta. O ideal seria encontrar um método de vender mais, ou focar as ações em um determinado serviço.

Veja também se há como medir sua meta, se há um número ou dado que indique o que ela busca resolver. Quer reduzir os gastos com fornecedores? Quanto?

Depois, confira se você realmente pode alcançar a meta. Para usar o exemplo acima, digamos que você pensou em reduzir os gastos pela metade. Isso é mesmo possível?

Por fim, saiba se ela é mesmo importante para o negócio, a curto, médio ou longo prazo, e se ela tem uma “data de validade” para terminar. Não esqueça, não existem metas que duram para sempre!

Use a tecnologia a favor do seu bem estar

Quer uma boa notícia? Você tem sorte de ser empreendedor em uma época com tantas tecnologias! A internet está cheia de ferramentas, muitas delas gratuitas, que auxiliam o seu cotidiano. A administração de um empreendimento pode ser bastante estressante e exigir muito, então o uso desse tipo de ajuda é completamente válido para aliviar um pouco do peso nas suas costas.
Além do mais, são tecnologias que melhoram os resultados do negócio também. Um bom exemplo são as ferramentas de controle de estoque ou de vendas. Organização na palma da mão e gestão do tempo eficiente para você curtir um descanso!

E, se você quiser saber mais sobre o assunto, conheça exemplos da importância da tecnologia para empreendedores.