Gestão de pequenas empresas: 6 elementos-chave

Gestão de pequenas empresas: 6 elementos-chave

gestao-de-pequenas-empresas

Negócios na linguagem de um homem leigo é “uma troca de bens e serviços por dinheiro com o objetivo principal de obter lucros, o que envolve risco e investimento de tempo, ideias e finanças”. Mas será que esta definição é a melhor forma de pensar a gestão de pequenas empresas?

Qualquer negócio, seja de pequena escala, micro negócios, grande escala ou um negócio online não pode ser executado sem uma gestão adequada do tempo, recursos humanos, finanças/dinheiro, tecnologia atualizada, ideias novas e criativas e cooperação entre todos os mencionados.

Lembre-se, “o cliente é o rei” para qualquer negócio. Um empresário eficiente não apenas atrai novos clientes, mas também mantém seus clientes antigos, de modo que ele seja capaz de obter lucros máximos, fornecendo o melhor dos bens e serviços de acordo com as demandas e necessidades atuais de seus clientes.

Perder um cliente pode ser um retrocesso, porque um cliente insatisfeito pode significar perder muito mais clientes.

Com isso, surge o risco de perder clientes fiéis, o que leva a menos lucros e, por fim, a diminuir a participação e o valor de mercado.

E não para por aqui, especialmente se for imprevisto, porque se o planejamento der errado, consequentemente leva a uma perda maior do que a esperada.

Esse foi o caso das pequenas/microempresas até que surgissem algumas grandes ideias para recuperar seus clientes e manter a posição no mercado. As empresas de grande porte têm muitas outras coisas para cuidar também.

Com os discutidos acima, elas precisam cuidar dos recursos humanos em seus negócios, ou seja, as pessoas que trabalham dentro da organização.

Não são as pessoas de fora (clientes), mas também as pessoas dentro (funcionários) que a empresa precisa manter felizes, pois são elas que podem provar ser um ativo ou um passivo para o negócio.

As ideias, planejamento, direção, controle, etc. podem ser perfeitos e dar a você uma imagem de alcançar ótimos resultados através da utilização otimizada dos recursos envolvidos.

No entanto, se os funcionários estiverem insatisfeitos dentro da empresa, a implementação dessas ideias planejadas pode ir na direção oposta também.

Portanto, os negócios não implicam em produzir bens e serviços, trocá-los por dinheiro e obter lucros. Envolvem um grande risco.

E um empreendedor precisa ser dinâmico e flexível para aceitar as mudanças nas necessidades e padrões de acordo com a diversificação vivenciada a cada novo dia, tendo em mente o fato mais importante que é “fornecer ao cliente o melhor produto ou serviço e serviço pós-venda a um custo econômico que retém os clientes, além de gerar bons lucros, tornando-se uma situação vantajosa para os negócios”.

Um negócio pode ser executado de forma eficaz por planejamento e estratégia adequados, relacionamento saudável com os recursos e objetivos pré-definidos de curto e longo prazo com uma abordagem voltada para o mercado comum.

Ganhar lucros e reter e fazer mais clientes, leva a uma maior participação de mercado e desenvolvimento da economia.

Quer ser um dono de negócio mais eficiente em todos esses aspectos? Aprenda como fornecer orientações e instruções a outras pessoas com as dicas de gestão de pequenas empresas

Gestão de pequenas empresas de forma eficaz

1. Comunicação efetiva

A comunicação é a chave para a gestão de micro e pequenas empresas. Uma comunicação adequada é necessária para fornecer os melhores resultados, portanto, deve-se garantir que a mensagem transmitida para a última pessoa seja exatamente a mesma que foi enviada pela primeira e que não foi adulterada.

A comunicação direta é a maneira mais eficaz, que não apenas torna a mensagem clara, mas também cria um senso de confiança, responsabilidade e pertencimento ao funcionário, fazendo com que ele apresente melhores resultados.

A comunicação é um processo que envolve dois lados. É importante durante a discussão do plano e delegar responsabilidades para que todos estejam na mesma página, o que significa que todos devem ter a mesma percepção sobre o plano e sua implementação e nada é adulterado.

2. Brainstorming oportuno

Brainstorming é uma atividade que envolve a discussão e a obtenção de ideias de todos os funcionários de uma empresa. É um processo fundamental na gestão de micro e pequenas empresas

Em caso de hierarquia, isso é feito em diferentes níveis em forma de mini equipes e, finalmente, as ideias são discutidas com a alta administração.

E nas pequenas empresas, o empresário pode organizar uma reunião com todos os seus funcionários e obter ideias sobre uma situação específica.

A melhor parte de fazer brainstorming é que você tem a liberdade de expressar suas ideias sem ser julgado ou questionado, já que você tem lógica por trás de sua ideia, é claro.

Isso leva à obtenção de novas ideias inovadoras por parte de todos os funcionários, sejam eles funcionários experientes ou novos talentos, dando a cada um deles uma sensação de confiança e pertinência, fazendo ainda mais esforços para o melhor da empresa.

3. Ambiente dinâmico

Qualquer negócio que seja estático ou fechado para o ambiente em mudança do mundo não pode esperar se desenvolver ou manter a mesma posição de mercado que tinha quando começou.

Adaptar-se às últimas tendências o mantém funcionando, pois assim você é capaz de lidar com as demandas dos seus clientes ou dos consumidores finais.

Ter esse senso de que a mudança é necessária torna a gestão de micro e pequenas empresas muito mais fácil e eficiente. E o principal: sem barreiras para melhorar.

“A mudança é a única coisa permanente.”

Portanto, é necessário que o negócio se adapte a mudanças, seja na tecnologia, na linha de produtos e nos padrões de demanda dos clientes, ou qualquer coisa que possa afetar seus negócios.

Qualquer empresa, grande ou pequena, deve ser flexível e dinâmica, a fim de gerenciar um negócio de forma eficaz. Os funcionários devem ser treinados de tempos em tempos com as novas tendências ou tecnologias atualizadas.

Não é apenas com as demandas ou necessidades dos consumidores finais, mas também com a tecnologia atualizada, que uma empresa precisa lidar.

Vivemos em um mundo tecnológico, portanto, manter-se atualizado com o mundo é sempre a melhor saída.

4. Autoridade e responsabilidade

Os negócios só podem ser frutíferos quando houver uma delegação apropriada de autoridade e responsabilidade na gestão de micro e pequenas empresas.

É preciso haver um equilíbrio entre “autoridade” e “responsabilidade”, já que eles andam de mãos dadas.

No caso de a pessoa autorizada não delegar as responsabilidades de forma construtiva, pode criar uma lacuna em todo o sistema de trabalho, porque com a autoridade vem uma grande responsabilidade.

A pessoa autorizada também é responsável e responde por qualquer obrigação, confiança, dívida ou qualquer tipo de diferença entre o esperado e o entregue.

É muito importante delegar alguma autoridade à pessoa para a qual você está delegando responsabilidades, pois isso lhes dá o poder de tomar as decisões necessárias em vez de correr aqui e ali para obter permissão dos mais antigos.

Ao mesmo tempo, também lhes dá liberdade e confiança para tomar decisões, desenvolvendo-as, portanto, como melhores funcionários.

5. Planejamento eficaz

O planejamento é uma arte que orientada para objetivos futuros.

É muito importante para um empreendedor ter pelo menos dois ou três melhores planos (Plano A/B/C) quando se trata da gestão de micro e pequenas empresas.

Qualquer plano que se mostre ineficaz ou precise mudar um curso de ação entre ele tem uma alternativa pronta, produzindo ótimos resultados.

A melhor maneira de gerenciar um negócio de forma eficaz é através de um planejamento eficiente.

Primeiro você precisa criar uma ótima estratégia que deve se concentrar nos resultados positivos e negativos de um plano de negócios em potencial.

A melhor maneira é se preparar para o fracasso em vez do sucesso, pois a maioria dos primeiros empreendimentos tem chances limitadas de sucesso.

Os processos de planejamento podem levar a uma melhor produtividade, maior precisão e um retorno mais rápido para tarefas empresariais essenciais.

O objetivo do planejamento como um processo é melhorar e otimizar os métodos de negócios de uma empresa. Isso teria resultados como:

  • Custos mais baixos, devido a menos pessoal necessário para concluir o mesmo processo.
  • Maior eficiência, eliminando etapas problemáticas do processo, como loops e gargalos.
  • Maior precisão, incluindo pontos de verificação e medidas de sucesso para garantir que as etapas do processo sejam concluídas com precisão.
  • Maior compreensão de todos os funcionários sobre o que eles precisam fazer para atingir os objetivos.

6.  Trabalho em equipe

Equipe é um grupo de pessoas com diferentes origens, níveis de experiência, status de conhecimento e processo de pensamento.

Um e um são onze, portanto, uma equipe eficiente pode revelar-se realmente frutífera e construtiva.

A eficácia de um negócio é determinada pelo resultado da ação de funcionários.

Se eles demonstrarem eficácia em seu local de trabalho, definitivamente ajudará na produção de resultados de alta qualidade.

A satisfação do cliente e a reputação de uma empresa costumam ser ditadas pela eficácia de uma equipe que inclui o modo como ela apresenta o serviço ou produto da empresa.

É muito provável que os membros da equipe trabalhem juntos com o mesmo objetivo e apresentem seu melhor pé.

Isso só pode ser possível se houver cooperação, compreensão absoluta, fluxo completo de comunicação e atmosfera positiva entre os membros da equipe.

Pode haver a possibilidade de que ideias diferentes possam criar conflitos em uma equipe, mas um traço de equipe forte e produtiva é desenvolver coerência e sair como plausível e vantajoso.

“Os empreendedores nunca tem horas suficientes no dia, por isso é importante otimizar seu tempo ao máximo”.

Assim, a gestão de micro e pequenas empresas e os pontos acima mencionados ajudam um empresário a gerir os seus negócios de uma forma excelente e eficiente, produzindo assim resultados extraordinários, obtendo lucros e uma base de clientes mais satisfeita.

Conheça a iZettle e gerencie sua empresa com o nosso aplicativo:

  • Simplificamos a tarefa de administrar suas vendas e você vai ter mais tempo para se dedicar ao que mais ama fazer;
  • Oferecemos um serviço de maquininha de cartão que aceita todas as principais bandeiras;
  • Sem burocracia para começar: basta um CPF ou CNPJ para se cadastrar!

Siga-nos @izettleGet into iZettle now!

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.