Você sabe o que é antecipação de recebíveis? E o mais importante, você entende como as contas a receber impactam nas finanças do seu negócio?

Uma compreensão detalhada das contas a receber é fundamental para muito além do que apenas uma boa contabilidade – é a chave para promover um negócio lucrativo. Você pode negligenciar seu fluxo de caixa e balanços por sua própria conta e risco.

Mas se investir alguns minutos de seu tempo e aprender sobre contas a receber em toda a sua glória, você estará em uma ótima posição para manter o controle de seu capital de giro, capitalizar oportunidades sensíveis ao tempo e manter a flexibilidade. Quem não quer isso?

Então, sem mais delongas, vamos nos aprofundar no essencial e nas particularidades do que é antecipação de recebíveis e nos termos financeiros relacionados, como contas a pagar, contas a receber e títulos a receber.

Leia também: Faça mais em menos tempo: 9 dicas de organização financeira para pequenas empresas.

O que é antecipação de recebíveis?

De uma forma simples, a antecipação de recebíveis é um recurso que permite à empresa adiantar o recebimento de valores que só entrariam em caixa mais tarde.

Isso pode ser feito com os pagamentos a receber via cartão de crédito, por exemplo. É possível pedir esse adiantamento, mas é uma ação de exige cuidado. Tomar decisões financeiras por impulso sempre é perigoso, pois o dinheiro pode faltar.

Dessa forma, as contas a receber são a quantia em dinheiro que sua empresa tem o direito de cobrar pelos serviços ou mercadorias (a crédito) já fornecidas a um cliente.

Quanto mais tempo suas contas a receber durarem (ou seja, quanto mais tempo você não coletar seu dinheiro), mais tempo ficará impedido de investir na produção para o próximo pedido.

Os pagamentos não cobrados congelam desnecessariamente o capital de giro e levam a ciclos de negócios mais longos.

É crucial para uma empresa coletar todas as contas devidas em tempo hábil, para que não afete o fluxo de caixa.

O primeiro passo para melhorar a sua saúde e demonstrações financeiras é simplesmente criar um padrão para contas a receber.

O seu negócio precisa de financiamento de contas a receber?

Ativos e Passivos: eles moldam seu capital

Todo o dinheiro devido a você não conta muito quando seu fluxo de caixa diminui. Por isso, é essencial monitorar suas finanças regularmente. Isso começa com o básico:

Contas a pagar (CP): Os valores que sua empresa deve a um terceiro para a compra de ações ou serviços a crédito.

Contas a receber (CR): Os valores que sua empresa tem o direito de cobrar de seus clientes por fornecer-lhes bens ou serviços a crédito.

CPs são essencialmente considerados passivos. CRs, por outro lado, são definidos como ativos. Além de simplesmente equilibrar os dois, criar negócios saudáveis ​​requer um entendimento mais profundo do CP e do CR e muito planejamento.

Também requer a solução de um problema que muitas vezes confunde os empreendedores – saber a semelhança entre contas receber (de clientes) e outros recebíveis. Claro, eles parecem quase idênticos, mas são muito diferentes.

Qual é a diferença entre contas a receber e recebíveis?

De certo modo, esses termos podem ser usados ​​como sinônimos, mas nem sempre se referem à mesma coisa. É importante que seu vocabulário esteja no ponto, especialmente quando você revisa seus documentos financeiros.

Recebíveis incluem todas as obrigações monetárias devidas à sua empresa. Esta é a maior categoria geral. Existem dois tipos de recebíveis: recebíveis comerciais e não comerciais.

  • Recebíveis comerciais são todos os créditos devidos à sua empresa por clientes que compraram mercadorias ou serviços. Isso geralmente resulta em um acúmulo de ativos (daí o nome de recebíveis comerciais). As contas a receber são incluídas nos recebíveis comerciais e são registradas como ativos circulantes no balanço de uma empresa.
  • Recebíveis não comerciais são resultado de transações fora do ramo normal de negócios de oferta de bens e serviços. Incluem reembolsos de seguro, recebíveis de adiantamento de funcionários, reembolso de impostos ou quantias de seguro a receber.

Simplificando, as contas a receber são consideradas um tipo de recebível, mas nem todos os recebíveis são considerados como contas a receber. Isso deve ficar claro agora porque você precisa cavar um pouco mais do que a definição simples aqui.

Contas a receber de clientes explicadas: é onde seu dinheiro vem

Estes são os valores cobrados pela sua empresa aos seus clientes quando você conclui uma entrega de produtos ou serviços. Esse tipo de crédito é como um presente gratuito para o seu cliente até que a fatura pendente seja liberada.

É importante destacar que as contas a receber de clientes não trazem juros (daí a analogia do presente grátis).

Quando você envia uma fatura, seu software de contabilidade cria um débito para a conta de contas a receber e um crédito para a conta de vendas, mas isso não significa que você tem esse dinheiro. Você só recebe realmente quando a fatura é paga.

Uma vez que o valor devido tenha sido compensado, uma transação de recebimento de caixa é registrada pelo sistema. Isso se traduz em um crédito para a conta de CR e um débito na conta de caixa.

Para uma melhor visão de suas contas a receber, você sempre pode dar uma olhada na sua planilha de vencimentos.

Como coletar suas contas eficientemente

Quando seu cliente lhe der uma garantia por escrito de pagar o crédito, você acaba de receber um título a receber. Tais créditos dão a você (o credor) mais opções legais ao coletar contas vencidas em relação a outras opções de contas a receber.

Isso ocorre porque os títulos a receber são levados em consideração ao estender o crédito a um novo cliente, especialmente um com histórico de crédito ruim ou inexistente. O devedor geralmente é obrigado a pagar juros.

Leia mais: Como escolher um sistema de frente de caixa em 3 passos.

Financiamento de Recebíveis Comerciais

Não é segredo que os investidores estão sempre procurando maneiras de melhorar o retorno de suas carteiras. Ao mesmo tempo, muitas empresas lutam para manter um nível saudável de capital de giro.

Felizmente, existem grandes oportunidades para investidores e empresas trabalharem juntas para resolver os dois problemas.

O financiamento de recebíveis comerciais refere-se a quando as partes colaboram trocando ativos líquidos em antecipação de lucros futuros.

Se o seu negócio se esforça para cobrar seus pagamentos ou o ciclo operacional é muito longo, esse tipo de financiamento externo pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso.

Dois dos tipos mais comuns de financiamento de recebíveis comerciais são:

  1. Factoring: aqui, uma empresa financeira compra algumas das faturas do fornecedor com desconto. O agente então deve cobrar o pagamento dos clientes do fornecedor quando as contas vencerem. Nesse tipo de financiamento, o fornecedor recebe o pagamento imediato.
  1. Desconto de fatura: é muito semelhante ao Factoring, a principal diferença é que o fornecedor está realmente envolvido no processo de coleta. O devedor pode não estar ciente do fato de que o financiamento de terceiros foi utilizado. Esse tipo de financiamento garante discrição.

Saiba mais: Empréstimo para MEI: o que você precisa saber antes de contratar.

Volume de negócios de contas a receber altas: um sinal de um ciclo de negócios saudável

Sua demonstração financeira depende da sua capacidade de coletar com sucesso todas as contas em tempo hábil. Manter o controle de quantas vezes isso realmente acontece lhe dará uma imagem muito clara de quão eficaz é a sua empresa na cobrança de suas dívidas.

As empresas podem usar o financiamento de contas a receber para ajudar a resolver esse problema. Ou se organizar para acertar o passo e ter o dinheiro em caixa quando necessário.

Sua rotatividade de contas a receber define o número de vezes por ano que sua empresa coleta sua CR média.

Uma taxa de rotatividade baixa é característica de empresas com clientes de baixa qualidade e/ou departamentos de cobrança com funcionamento deficiente e mostram que algumas mudanças precisam ser feitas.

Para ter uma alta taxa de rotatividade, você precisa ser capaz de emitir créditos com eficiência e receber seu dinheiro dentro de um prazo razoável. Cuidar desse problema é um componente crítico para ter um negócio saudável e bem-sucedido.

No final, seja você um empreendedor de primeira viagem ou um graduado com MBA experiente, é sempre bom analisar suas opções quando se trata de contas a receber. Como um conceito, é enganosamente simples, levando muitas empresas a negligenciar oportunidades.

Leia também: 5 dicas essenciais de contabilidade para pequenas empresas.

A gestão financeira de uma empresa sempre gera dúvidas, mas é importante entender os fatores principais como a necessidade ou não de antecipação de recebíveis ou se o problema real é apenas seu sistema de cobrança.

iZettle – muito mais do que uma máquina de cartão!

Conheça agora!

Conheça o sistema gratuito da iZettle e simplifique a gestão do seu negócio. Organize seus produtos, controle o estoque, administre sua equipe e muito mais, quando e onde precisar.

Converse com nossos especialistas por telefone para saber mais sobre nossos planos e sobre nossa maquininha de cartão.