Independentemente do tamanho de um empreendimento, ficar com produtos parados em estoque é um problema bem chato. Daí surgem sempre algumas consequências: acúmulo de produtos sazonais, falta de espaço para novos itens, diminuição das vendas e outros mais.

Para driblar esse problema, o ideal é entender o que é o giro de estoque e sua importância dentro de um negócio, promovendo mais vendas e as saídas de produtos, e também melhorando a gestão financeira.

Continue lendo para aprender mais sobre controle de estoque e como aplicar.

O que é giro de estoque?

O giro de estoque é uma métrica ou parâmetro que aponta o desempenho de um estoque, demonstrando a velocidade de renovação dos recursos. Essa medida pode – e deve – ser aplicada em qualquer tipo de estoque, não importando o tamanho, considerando um período de tempo (por mês, por ano ou por semana).

Em um pequeno empreendimento, acompanhar o giro de estoque é essencial para saber desde o que os clientes mais compram (itens populares e que precisam ser repostos com mais frequência) até os produtos parados por falta de demanda. Com ele, também é possível se antecipar para as próximas compras ou programar futuras promoções ou liquidações.

Como já apontamos, itens encalhados no estoque não ajudam em nada, podendo causar verdadeiros prejuízos nas contas do empreendimento. Veja agora algumas dicas para colocar os produtos parados em movimento.

 

Avalie como anda o controle do estoque

De tempos em tempos, é interessante observar o controle de estoque. Primeiro, o ideal é registrar todos os itens e produtos da loja e as quantidades em estoque. A cada venda dar baixa no produto, e anotar também quando o item for reposto. Assim, é criada uma verdadeira “vitrine” para o empreendedor acompanhar o que entrou e o que foi vendido, facilitando futuras tomadas de decisão.

Pode parecer complexo e trabalhoso, mas esse controle é tranquilo em pequenos negócios. Hoje, felizmente, a tecnologia é nossa aliada e já oferece soluções para fazer esse controle de forma prática e rápida, com mais segurança e precisão do que uma planilha. Uma solução é o aplicativo iZettle Go, com versão gratuita e funções simplificadas para fazer controle de estoque e gestão de finanças.

 

Fique atento às épocas do ano

Vender itens como decoração ou roupas temáticas de datas comemorativas é lidar diretamente com os produtos parados em estoque. Basta imaginar que uma Copa do Mundo acontece por um mês a cada quatro anos, Carnaval é no começo do ano, Natal só em dezembro, e por aí vai.

Se você oferece esse tipo de produto, fique atento ao calendário e planeje bem antes de tudo para comprar ou produzir a quantidade certa, evitando o prejuízo no caixa e também o desperdício de recursos.

 

Crie promoções e ofertas imbatíveis

Para resolver o problema dos produtos parados, promoções e liquidações são uma boa ideia – para você e para o cliente. Nessas ações, o mais legal é oferecer os itens sem tanta demanda a um preço mais baixo ou com condições mais vantajosas: mais parcelamento, desconto no segundo item, etc.

Principalmente no caso dos produtos temáticos, um bom momento para fazer uma liquidação e “limpar” o estoque é do meio para o fim do evento ou com a chegada da data, a exemplo de muitas lojas de roupa que fazem liquidações logo após o Natal e a cada troca de coleção.

Como falamos lá atrás, sempre acompanhar o controle de estoque é o que vai ajudar a programar essas ofertas. Se você quer se livrar desse problema com produtos parados, conheça o aplicativo iZettle Go.

Simplifique a gestão do seu negócio com o aplicativo gratuito da iZettle.

Saiba mais aqui!